.
15 anos
.

Telefone Paes e Pazzaglini Telefone Paes e Pazzaglini

ARTIGOS

CONVENÇÕES MUNICIPAIS 2020

Marino Pazzaglini Filho

outros artigos deste autor


As convenções partidárias deverão ser realizadas no período de 31 de agosto a 16 de setembro para escolha dos candidatos.

Em razão da pandemia da Covid-19, com o propósito de evitar aglomeraçõs, podem ser realizadas por meio virtual, independentemente de qualquer disposição estatutária.

O pleito municipal de 2020 será o primeiro em que não é permitida a coligação partidária no pleito de Vereadores. As alianças partidárias somente podem ocorrer na eleição majoritária.

O candidato a Prefeito concorrerá com o número identificado do partido político que estiver filiado, enquanto os candidatos a Vereador concorrerão com o número identificados de sua agremiação partidária, acrescidos de três algarismos à direita.

Do número de vagas fixadas, cada partido político deverá reservar o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidatura de cada gênero.

A quota mínima de candidatos nas eleições tem por escopo incentivar e assegurar a efetiva participação de mulheres nas eleições.

Trata-se de ação afirmativa visando integrar as mulheres na vida política-partidária para garantir o efetivo cumprimento ao princípio da igualdade de gênero.

Aliás, cumpre consignar que, em São Paulo, segundo dados do TSE, as mulheres correspondem 54% dos eleitores.

É obrigatória a destinação de 30% dos gastos nas campanhas eleitoral do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) à efetiva atuação feminina nas eleições.

O descumprimento da aplicação desse percentual de recursos na campanha eleitoral dos candidatos a Vereador poderá causar, no mínimo, a desaprovação das contas eleitorais, bem como a suspensão de repasse de cota do Fundo Partidário.

Ademais, a fraude na cota de gênero de candidaturas, consistente em uso de candidatas "laranjas", com a finalidade de alcançar o percentual mínimo por gênero, possibilitando o maior número de homens na disputa eleitoral, pode ensejar a cassação de todos os candidatos eleitos na eleição proporcional, mesmo que não tenham contribuído com tal expediente fraudulento.

Anote-se que a partir de 31 de agosto, observado o dia seguinte à realização da convenção, a ata e a lista dos presentes deverão ser transmitidas na internet ou, na impossibilidade, ser entregues na Justiça Eleitoral, para publicação no sítio eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral.

 

OUTROS ARTIGOS

 

PROPAGANDA ELEITORAL NA INTERNET

Marino Pazzaglini Filho

REGISTRO DE CANDIDATOS

Marino Pazzaglini Filho

CONVENÇÕES MUNICIPAIS 2020

Marino Pazzaglini Filho

Primeiras anotações dos efeitos da LINDB sobre a LIA

Marino Pazzaglini Filho

Aplicação do novo CPC na Justiça Eleitoral

Marino Pazzaglini Filho

Atos de Improbidade Administrativa

Marino Pazzaglini Filho

Crime de Corrupção Eleitoral

Marino Pazzaglini Filho

Descumprimento de ordem emitida pelo Presidente do Tribunal de Justiça para pagamento de precatório não configura o crime previsto no artigo 1º, inciso XIV, do Decreto-Lei 201/67

Marcella Oliveira Melloni de Faria

Eleições Municipais 2016 - Propaganda eleitoral: permitida e proibida

Marino Pazzaglini Filho

Execução de bens particulares de sócio de sociedade de responsabilidade limitada.

Marino Pazzaglini Filho

Inelegibilidade por ato de improbidade administrativa

Marino Pazzaglini Filho

Inelegibilidade por rejeição de contas

Marino Pazzaglini Filho

Lei Anticorrupção

Marino Pazzaglini Filho

Novo Código de Processo Civil

Marino Pazzaglini Filho

O prejuízo efetivo ao Erário como requisito para configuração do artigo 10 da Lei de Improbidade Administrativa

Marcella Oliveira Melloni de Faria

Primeiras anotações dos efeitos da LINDB sobre a LIA

Marino Pazzaglini Filho

Princípios constitucionais da administração pública

Marino Pazzaglini Filho

Princípios constitucionais da tutela e gestão do meio ambiente

Marino Pazzaglini Filho

Responsabilidade fiscal

Marino Pazzaglini Filho

.
TOPO
Paes